Política em Brasília: Agentes Comunitários indicam Waldenor Pereira para compor Comissão Especial

Foto: Divulgação

A Liderança do Partido dos Trabalhadores indicou o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) para compor, como titular, a Comissão Especial que vai emitir parecer sobre o projeto que dispõe sobre as atribuições do agente comunitário de saúde e do agente de combate às endemias. “A inclusão do deputado Waldenor na comissão especial atendeu à indicação da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde (CONACS), feita em reconhecimento à luta que o parlamentar vem travando em apoio à categoria, desde quando era deputado estadual na Bahia, como destacou a presidente nacional da CONACS, Rute Brilhante ao entregar ofício à Liderança”, diz nota publicada em rede social do parlamentar petista na última segunda-feira (6).


Política Conquistense: “São pessoas extremamente qualificadas”, diz Waldenor sobre a equipe de Herzem

Foto: BLOG DO ANDERSON

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) foi entrevistado no Conquista de Todos nesta sexta-feira (20) e se reservou em não comentar sobre os primeiros momentos da gestão do prefeito Herzem Gusmão Pereira, do PMDB. “Não posso ainda fazer nenhuma avaliação, é pouco tempo, são quinze dias e jamais farei avaliação pessoal”, frizou. De acordo com o petista, ele recebeu com muita felicidade a formação da nova equipe da Prefeitura de Vitória da Conquista escolhida por Herzem. “Os componentes da Administração que eu tenho conhecimento são pessoas honradas, são pessoas competentes, qualificadas. Alguns são meus ex-alunos e eu fiquei muito alegre em saber da assunção no cargo de secretário de ex-alunos da Universidade do Sudoeste [UESB] que tive a oportunidade de conviver”, avaliou. “São pessoas extremamente qualificadas, mas é claro vamos fazer uma oposição responsável, vamos acompanhar o debate político de âmbito nacional porque não podemos concordar, por exemplo, o prefeito recentemente anunciou que a PEC 241 representava uma benção para a Nação Brasileira”, afirmou Waldenor. Segundo ele, a afirmação do peemedebista não condiz com o seu posicionamento em Brasília, mas torce e se coloca à disposição para os assuntos do Município. “Mas do ponto de vista local torcemos que ele acerte, que faça uma boa gestão, nos colocamos à disposição para ajudar no que for possível no ponto de vista das atribuições que nos compete enquanto parlamentares, mas vamos fazer uma oposição responsável, acompanhando o que foi prometido, os projetos que foram apresentados durante o processo de campanha eleitoral e naturalmente fazendo o embate político também do ponto de vista partidário e ideológico”, complementou.


Sudoeste Baiano: Waldenor Pereira e Zé Raimundo destinam mais de R$ 18 milhões em emendas

Foto: BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

Os deputados Waldenor Pereira (PT-BA) e José Raimundo Fontes (PT) estão destinando recursos no valor de R$ 18,32 milhões, das suas emendas parlamentares ao orçamento de 2017, para investimentos em saúde, infraestrutura e desenvolvimento social, saneamento básico, segurança pública, esporte e agricultura familiar. Os recursos vão beneficiar os municípios de atuação dos seus mandatos, situados no Sudoeste Baiano, Sudoeste, Serra Geral, Médio São Francisco, Chapada Diamantina e Vale do Paramirim. >|>|>|>|>


Brasil: Michel Temer volta atrás na repatriação de recursos para municípios; Waldenor Pereira reclama

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em pronunciamento nesta terça-feira (20), na Câmara dos Deputados, o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) manifestou o seu descontentamento com “a falta de palavra do presidente Michel Temer, que havia se comprometido com os prefeitos do Brasil em liberar ainda em tempo os recursos da repatriação para fecharem as contas deste ano”. Com a edição de Medida Provisória, Temer teria decidido que esse repasse só seria feito a partir do dia 1º de janeiro, através de novos mandatos de prefeitos. Após várias manifestações contrárias à sua decisão, inclusive do deputado baiano, o presidente ilegítimo voltou atrás e decidiu liberar o recurso ainda neste ano. O parlamentar petista também aproveitou a sua fala para alertar à população sobre as maldades do governo Temer expressas na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241/55 e Reforma da Previdência, alfinetando os governistas de que “as sucessivas delações da Operação Lava Jato estão comprovando, de forma inequívoca, que os maiores corruptos do Brasil são exatamente os golpistas, aqueles que compuseram o tribunal de exceção para afastar uma presidenta honrada, honesta, que não cometeu nenhum ato de improbidade administrativa, não cometeu nenhum crime de responsabilidade, muito menos atentou contra a Constituição Federal”.


Eleições 2018: “maior patrimônio ético do PT”, Suplicy tem nome cotado à Presidência da República

Foto: BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

Em Vitória da Conquista, na manhã deste sábado (17), o ex-senador e vereador eleito por São Paulo, Eduardo Matarazzo Suplicy, de 75 anos, é palestrante na “Plenária: As lutas sociais e o futuro da política no Brasil”, promovida pelos deputados Waldenor Pereira (PT-BA) e José Raimundo Fontes (PT). “Claro, sem dúvidas. É o nosso maior patrimônio ético do partido, hoje é o ex-senador vereador eleito Eduardo Suplicy. Nos orgulha muito a sua presença aqui”, afirmou Waldenor ao ser indagado pelo BLOG DO ANDERSON.


Brasil: para Waldenor, PEC da Previdência é mais um capítulo do golpe contra o povo brasileiro

Foto: Divulgação | Câmara
Foto: Divulgação | Câmara

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) criticou, nesta sexta-feira (16), a Proposta de Emenda à Constituição 287, de iniciativa do governo de Michel Temer, que pretende realizar a reforma da Previdência Social do Brasil, em pronunciamento realizado na Câmara Federal esta semana. O deputado chamou a PEC de “mais um capítulo de tantas iniciativas maldosas tomadas por esse governo ilegítimo, que afronta diretamente os interesses do povo brasileiro”. Segundo Waldenor, a proposta do governo federal, que tramita neste momento no Congresso, “é prova inequívoca de que a presidenta Dilma Rousseff foi vítima de um golpe parlamentar”. >>>>>>


Waldenor: “O desmonte do PMDB está apenas começando”

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA), em pronunciamento na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (29), falou sobre a decisão do Banco do Brasil de acabar com a Superintendência e agências da instituição em Vitória da Conquista. Comentando sobre o assunto, Waldenor alertou a população para o que chamou de “operação desmonte do governo Michel Temer”. “Já alertávamos durante a campanha eleitoral para isso”, disse ele. O deputado mostrou-se surpreso com a declaração do prefeito eleito pelo PMDB, Herzem Gusmão, de que “já se sente relegado ao segundo plano”. Além do fechamento das agências do BB, Conquista também está perdendo uma agência dos Correios, localizada dentro de um dos shoppings da cidade, além de sofrer ameaças de fechamento da Superintendência da Caixa Econômica Federal. “Ora, senhor prefeito, quem o trata com desprezo, quem está retaliando o município de Vitória da Conquista é o seu governo, é o governo do PMDB, é o governo ilegítimo do Michel Temer”, afirmou Waldenor. Para ele, é lamentável que as Superintendências criadas pelo governo do PT e que são fundamentais para o desenvolvimento da região estejam sendo ameaçadas pelo governo golpista do PMDB. O parlamentar conquistense informou ainda que já protocolou os requerimentos 2457 e 2458 junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal pedindo maiores informações sobre o que concerne os interesses do município e também já solicitou audiências com as presidências de ambas instituições financeiras, buscando garantir a permanência de conquistas tão importantes para o Sudoeste da Bahia.


Congresso Nacional: Waldenor é contra a anistia do caixa dois

Foto: Divulgação | Câmara dos Deputados
Foto: Divulgação | Câmara dos Deputados

Na noite de quarta-feira (23), quando se aprecia o substitutivo ao Projeto de Lei 4850, que acolhe as “Dez Medidas Contra a Corrupção” propostas pelo Ministério Público Federal e apoiada por milhões de brasileiros, o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) antecipou o seu voto contrário à proposta de emenda ao PL que prevê a anistia ao caixa como prática de corrupção. A medida é vista pelo parlamentar conquistense como “uma agressão ao projeto, que tem por objetivo apresentar mecanismos de enfrentamento à corrupção”. “Nós compreendemos que quem é a favor do combate à corrupção, que quem é contra a corrupção no Brasil, não pode apoiar uma proposição que está sendo especulada e será apresentada enquanto emenda a esse projeto de lei, que propõe a anistia do caixa dois”, discursou em plenário o deputado. Waldenor disse que está “atento, acompanhando passo a passo o parecer do relator, na expectativa de que o aprimoramento que está sendo realizado na proposta original, garanta a preservação de direitos constitucionais e defesa do povo brasileiro e, assim, poder votar favoravelmente a esse projeto de lei”.


Política: seminário aborda “A Gestão Municipal – Cenários e Desafios” em Vitória da Conquista

Foto: BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

Os deputados Waldenor Pereira (PT-BA) e José Raimundo Fontes (PT) realizarão o seminário “A Gestão Municipal – Cenários e Desafios”, com o objetivo de ajudar os novos gestores e parlamentares a iniciarem os seus mandatos com planejamento, destacando as políticas e estratégias que irão priorizar a partir dos programas defendidos das eleições. Participarão do evento prefeitos e vereadores eleitos do Sudoeste Baiano, além da presidente União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria, e dos secretários do Governo Estadual Josias Gomes (Relações Institucionais), Geraldo Reis (Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social), Jerônimo Rodrigues (Desenvolvimento Rural), Cássio Peixoto (Infraestrutura Hídrica e Saneamento), Jorge Hereda (Desenvolvimento Econômico) e Eugênio Spengler (Meio Ambiente). É com satisfação que convidamos o jornalista responsável ou representante deste meio de comunicação para participar da cobertura deste evento, que acontecerá na próxima sexta-feira (25), a partir das 14 horas, no Rotary Club, em Vitória da Conquista.


Brasília: Waldenor Pereira disse não para o “projeto entreguista de autoria de José Serra”

Foto: Reprodução | Facebook
Foto: Reprodução | Facebook

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (5), o Projeto de Lei 4567/16, do Senado, que desobriga a Petrobras de ser a operadora de todos os blocos de exploração do pré-sal no regime de partilha de produção. Os deputados precisam votar ainda os destaque apresentados ao texto, que podem, se aprovados, manter a atual obrigação. Na votação de hoje, foram 292 votos a favor do projeto e 101 contras. Entre os contrários está o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) que criticou a programa em sua rede social: “Acabei de votar NÃO no projeto ENTREGUISTA de autoria de José Serra que altera o regime de partilha do Pré-sal. Os GOLPISTAS querem entregar a nossa maior riqueza ao capital estrangeiro e ferir de morte a soberania nacional!”. Atualmente, a Lei 12.351/10, que institui o regime de partilha, prevê a participação da Petrobras em todos os consórcios de exploração de blocos licitados na área do pré-sal com um mínimo de 30% e na qualidade de operadora. O operador é o responsável pela condução da execução direta ou indireta de todas as atividades de exploração, avaliação, desenvolvimento, produção e desativação das instalações.


Cordeiros: Prefeitura entrega casas, UBS e pavimentações

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Cordeiros entregou iversas obras realizadas em parceria com os Governos Estadual e Federal, na manhã desta sexta-feira (16), em ato que contou com a participação do deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA). Ao lado do prefeito Edvar Ribeiro da Silva, o deputado parabenizou os cordeirenses pela atual gestão municipal. “Eu costumo dizer que quem ganha ou perde a eleição é o eleitor, pois, ao escolher bem o seu prefeito, a população é beneficiada com uma administração comprometida, que trabalha realmente em benefício de todos, como é o caso do companheiro Vavá, esse prefeito atuante e reconhecido em nossa região”, discursou. A gestão municipal entregou 33 unidades habitacionais construídas com recursos do programa Minha Casa Minha Vida, localizadas no bairro Florindo Ribeiro da Silva. Além delas, a população recebeu a nova Unidade Básica de Saúde, Liduina Vieira Salomão, e as ruas Teodolino Beenigno Torres, Jonas Caires Pessoa, Nestor Rodrigues do Nascimento e Belizário Avelino de Oliveira totalmente pavimentas. Por fim, a Secretaria Municipal de Saúde foi contemplada com dois veículos novos, adquiridos com recursos próprios. Informações de Débora Silveira.


Saneamento Básico: Plano de Vitória da Conquista sai em breve e Waldenor busca apoio para mais municípios

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) esteve reunido com o secretário de Recursos Hídricos do Estado da Bahia, Cássio Peixoto, para acompanhar as providências sobre a assinatura de convênio visando à elaboração do plano municipal de saneamento básico de Vitória da Conquista, cujo pleito havia sido apresentado pelo prefeito Guilherme Menezes de Andrade. Nesta semana, o parlamentar também solicitou igual apoio do Estado para a elaboração dos planos de saneamento de outros municípios da mesorregião centro-sul, onde o seu mandato concentra atuação: Anagé, Barra do Choça, Caetanos, Dário Meira, Guanambi, Itambé, Itarantim, Jaguaquara, Jequié, Maetinga, Maiquinique, Malhada de Pedras, Piripá, Ribeirão do Largo, Tanhaçu e Tremedal. >>>>>>


Eleições 2016: críticas de Herzem Gusmão decepcionam Waldenor Pereira; ouça a entrevista

Foto: BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

Um debate promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Conselho Regional de Contabilidade (CRC) reuniu os sete prefeituráveis nestas Eleições 2016 em Vitória da Conquista. Na plateia estava o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) que acompanhou tudo e se diz decepcionado com as colocações do radialista Herzem Gusmão Pereira, candidato pelo PMDB, que voltou a criticar a Administração Municipal dominada pelo Partido dos Trabalhadores há vinte anos. “Parece que ele não saiu ainda do estúdio da Rádio Clube. Se limitou em todo o debate a fazer críticas às administrações do PT”, disse Waldenor durante entrevista ao BLOG DO ANDERSON. “Infelizmente o que ouvimos do nosso principal opositor foram críticas e mais críticas. Eu não vi, confesso, falo isso de forma muito respeitosa, nenhuma proposição apresentada pelo candidato que revelasse qualquer preocupação com os principais problemas que afligem a nossa cidade. Não ouvi nenhuma preposição concreta capaz de solucionar os tantos problemas que ainda convivemos”, disse o petista em outro trecho da reportagem gravada na noite dessa quinta-feira (1). Ouça na íntegra.


UESB: no Conquista de Todos, Waldenor diz que governador adotará medidas contra segurança agressor

Foto: BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) afirmou ao jornalista Elton Becker, no programa Conquista de Todos, nesta terça-feira (23), que o tratamento do segurança do governador Rui Costa contra o professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Reginaldo de Souza Silva, foi um ato de truculência e que comunicou ao governo a gravidade do fato, sendo informado que as medidas necessárias serão adotadas em relação ao fato. Segundo o parlamentar, os professores realizavam manifestação legítima em defesa de seus direitos. “Quero mais uma vez revelar minha indignação e lamentar a ocorrência deste fato. Porque, de fato, tratou-se de um ato de violência, de truculência contra os professores da Universidade Estadual do Sudoeste, que manifestavam legitimamente em defesa de mais investimentos, de mais recursos para a nossa universidade. Ao presenciar o fato, desci imediatamente do palanque para acompanhar o colega, professor Reginaldo, que havia sido vítima de um ato de truculência de um cidadão à paisana, que posteriormente fui informado tratar-se de segurança do governador. Naquela oportunidade, entrevistado por um blog local, ainda no clima de muita tensão, supostamente imaginei que a autoria do ato teria sido de um policial civil, mas foi uma suposição equivocada de minha parte. Nesse sentido, quero pedir desculpas à polícia civil pelo equívoco, que se justifica em função de o cidadão estar à paisana e pela tensão que se criou naquela oportunidade. Comuniquei o fato ao governador, que ficou estarrecido com o acontecimento e me prometeu que tomaria medidas cabíveis”, disse Waldenor que foi reitor da UESB por duas vezes consecutivas.


Eleições 2016: para Waldenor, vice de Zé Raimundo deve sair de outra legenda da base aliada; ouça a entrevista

Foto: BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

Pelo menos três nomes estão no debate para preencher a chapa da Frente Conquista Popular que apresenta o deputado estadual José Raimundo Fontes (PT) como pré-candidato à Prefeitura de Vitória da Conquista. Os possíveis políticos para dividir o espaço com Zé Raimundo são: Abel Rebouças São José (PSD), Ademir Abreu Magalhães (PT) e Márcia Viviane Araújo Sampaio (PT). Nos bastidores aponta também o vereador Gilzete da Silva Moreira (PSD), mas o mesmo anunciou a sua aposentadoria da vida pública. Atualmente o PT divide a Frente Conquista Popular com o PSL, PR, PP e PSD. Para o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) a aliança deverá ser fechada com uma personalidade destas quatro legendas aliadas. “Eu sou favorável, já anunciei a minha posição no Partido dos Trabalhadores favorável a uma chapa que contemple um vice de um outro partido aliado. Política a gente faz somando e eu acho, portanto, seria recomendável a composição com um vice de um outro partido da base aliada para que a gente possa naturalmente participar da campanha eleitoral com muito maior capacidade de disputa. Essa é a minha opinião já externada nas discussões políticas internas do partido e eu vou trabalhar na perspectiva que assim aconteça”, comentou durante entrevista ao BLOG DO ANDERSON na manhã deste domingo (24). Na sonora abaixo, Waldenor fala também do atual momento destas Eleições 2016 na Capital do Sudoeste Baiano.


Brasília: Para Waldenor, cassação de Cunha fortalece as evidências do golpe contra a presidenta Dilma

Foto: Câmara dos Deputados
Foto: Câmara dos Deputados

No plenário da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (15), o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA_ repercutiu em pronunciamento a decisão do Conselho de Ética em aprovar o parecer pela cassação do mandato do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Cunha foi o responsável por acolher o pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, em dezembro do ano passado, como retaliação ao Governo, após deputados do PT terem anunciado que votariam a favor da sua cassação no Conselho de Ética da Câmara. Para Waldenor, a decisão favorável à cassação de Cunha traz “luz” ao impeachment, que atualmente corre no Senado e pode “dar um fim, dar um basta a esse processo que além de afrontar contra a Democracia Brasileira, representa um duro golpe contra os direitos trabalhistas e avanços sociais do povo brasileiro”. Na fala do deputado, o comportamento de Cunha é questionado. “Cunha foi cassado, porque além de ter mentido na CPI da Petrobras, ele é investigado por vários crimes como lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, recebimento de propinas milionárias e a ocultação de várias contas no exterior. O curioso é que foi esse deputado, no exercício da presidência dessa Casa Legislativa, que acolheu o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, uma presidenta honesta, honrada”, discursou.

(Débora Silveira)


Waldenor: Dilma está sendo vítima de uma injustiça histórica

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em Eunápolis, na manhã desta quinta-feira (12), o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) afirmou que “a presidenta Dilma Rousseff está sendo hoje vítima de uma injustiça histórica. A presidenta Dilma Rousseff não atentou contra a constituição brasileira, nem cometeu nenhum ato de improbidade administrativa e nem cometeu nenhum crime de responsabilidade”, referindo-se ao afastamento da presidente eleita, após o processo de impeachment ter sido acatado pelo Senado Federal. O deputado esteve no Sul Baiano ao lado do governador Rui Costa para a entrega de obras no Hospital Regional de Eunápolis que totalizam recursos de R$ 3,8 milhões. Em seu discurso, Waldenor refere-se à votação do impeachment como “uma afronta à democracia brasileira e, mais do que isso, um golpe contra os direitos trabalhistas e sociais do povo brasileiro”. Ele lembra ainda que a Operação Lava Jato não encontrou “absolutamente nada contra a presidenta Dilma”. “Mais de mil processos foram instaurados, mais de 500 buscas e apreensões, mais de 150 pessoas foram presas – prisões temporárias ou provisórias, mais de 50 delações premiadas foram realizadas com centenas de gravações. E sabe o que encontraram contra a presidenta Dilma? Nada”, acrescentou.


Impeachment: petista confirma 196 votos pró Dilma; oposição precisa de 342 dos prováveis 513 sufrágios

Foto: Reprodução | Globo News
Foto: Reprodução | Globo News

Começa logo mais às 14 horas desse domingo (17) a votação na Câmara dos Deputados do polêmico impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O momento será acompanhado por milhões de brasileiros, entre eles em Vitória da Conquista. Para que o processo seja levado ao Senado os opositores deverão somar 342 votos, no entanto os defensores de Dilma confirmam 196 votos dos possíveis 513 sufrágios. “Já estão confirmados, 196, podendo ultrapassar 200”, informou o deputado Waldenor Pereira (PT-BA) em contato com o BLOG DO ANDERSON. Em seu discurso, Waldenor disse que nos dois anos da Operação Lava Jato não se teve nenhum indício contra a presidente Dilma, mas enumerou uma série de irregularidades ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “Senhores parlamentares o que nos causa estranheza é que quem acolheu o impeachment e quem conduz esse processo é um réu do Supremo Tribunal Federal. Indiciado que foi pelo Ministério Público pelo cometimento de uma série de crimes: lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, recebimento de propinas milionárias e a manutenção de diversas contas ocultas no exterior. Senhores e senhoras, parlamentares, povo do Brasil, a história não perdoará os golpistas, a história não perdoará os golpistas”, discursou o político baiano. Acompanhe o discurso na íntegra. 


Brasília: Bancada baiana leva apoio a Dilma e garante 24 votos contrários ao Impeachment

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) e mais 23 deputados baianos prestaram apoio à presidenta Dilma Rousseff na manhã desta sexta-feira (15), acompanhados do governador Rui Costa e do Ministro Chefe da Casa Civil Jaques Wagner. A bancada baiana declarou voto contrário à tentativa de golpe arquiteta pela oposição e no domingo votará contra o Impeachment. Segundo Waldenor, já são contabilizados aproximadamente 200 votos a favor do governo. “Saio deste evento bastante animado, porque, além da participação decisiva da bancada da Bahia, estamos sendo informados que deveremos contar com aproximadamente 200 votos de parlamentares de diferentes partidos e diferentes estados para a gente não permitir o Impeachment, não permitir o golpe”, afirma Waldenor em vídeo gravado para as redes sociais.

(Débora Silveira)


Waldenor Pereira: a oposição quer acabar com todos os programas sociais no Brasil

Foto: BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

O deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) fez um discurso inflamando contra os opositores ao Partido dos Trabalhadores. Durante a sua fala de quase cinco minutos, Waldenor disse que “eles não têm estatura moral para falar em corrupção nesse país”. Para ele “essa temática da corrupção representa uma cortina de fumaça, porque na verdade o que eles querem é acabar com os programas sociais que permitiram a distribuição de renda do nosso país”. “Eles querem acabar com o Bolsa Família, eles querem acabar com o PRONAF, eles querem acabar com o FIES, eles querem acabar com todos os programas com transferência de renda que progressivamente vem melhorando a qualidade de vida do nosso povo. O que está incomodando essa elite, essa burguesia brasileira é a distribuição de renda”, disparou durante o encerramento do ato em apoio a presidenta Dilma Rousseff, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao PT. De acordo com a organização, cerca de 2 mil pessoas compareceram ao evento desta sexta-feira (18). A Polícia Militar contabiliza 600 participantes.