Marta Barreto: Uma conquistense bem sucedida

Marta Barreto é uma baiana de Vitória da Conquista, de 56 anos. Mesmo tendo nascido em uma família bem estruturada economicamente, desde os 15 anos começou a trabalhar para conquistar a própria independência. E foi assim que a música e a dança entraram em sua vida. Obstinada por natureza, Marta jamais desistiu de seus sonhos. Ela se considera uma mulher batalhadora e pronta para os desafios da vida. Por isso, ainda muito jovem, conseguiu se formar e tornar-se professora de música e dança, profissão que exerceu por 35 anos. No entanto, ela queria ir além. Assim, há 15 anos decidiu sair da Bahia rumo a São Paulo para uma nova experiência, a publicidade. De empregada a dona do próprio negócio foi um pulo bem pequeno; e também a queda chegou rápido demais. Uma sociedade que parecia ter tudo para dar certo acabou em ruínas. Agora, Marta encontrava-se praticamente falida, até sem clientes para tentar um recomeço. Confira o vídeo.

Vídeo: Juventude ocupa ruas de Conquista

Confira em vídeo gravado pela reportagem do Blog do Anderson, alguns momentos do Movimento Estudantil que levou centenas de jovens às ruas de Vitória da Conquista na manhã dessa quarta-feira (9) marcando a Jornada Nacional de Lutas da Juventude Brasileira. Com carro de som, faixas e cartazes, os manifestantes cobravam investimentos na área da educação pública, com a destinação de 10% do PIB, 50% do fundo social do Pré-sal e 100% dos royalties do petróleo exclusivamente para a educação.

O Centro de Comércio Popular de Conquista

Os comerciantes que atuavam na praça Arlindo Rodrigues, conhecida por abrigar a Feira do Paraguai, em Vitória da Conquista, no continuam em processo de transferência para a praça Hercílio Lima. Na manhã deste sábado (4), os vendedores trabalhavam para a instalação de seus quiosques. Eles permanecerão no local até que seja construído um Shopping Popular na antiga praça. De acordo com Valdemir Pereira, presidente do Sindicato dos Sacoleiros, Ambulantes e Camelôs (Sindsac), cerca de 40% dos boxes já estão em funcionamento na praça Hercílio Lima. A mudança começou no dia 17 de abril e o local foi escolhido em consenso após reuniões entre a administração municipal e os empreendedores. “Acredito que em um período de 20 dias estaremos funcionando na totalidade”, disse. Os serviços de alvenaria que serviram como base para os 229 boxes dos vendedores já foram concluídos. Segundo a prefeitura, as vagas para estacionamento serão espalhadas no entorno da praça com a rua da Misericórdia e na área entre a Hercílio Lima e a rua São Pedro. A construção do centro de comércio popular, orçado em R$ 4,5 milhões, será realizada por meio de um convênio entre o Governo Estadual e a prefeitura de Vitória da Conquista. Segundo a prefeitura, a obra resultará num ambiente com mais de 300 boxes e instalações bem mais adequadas tanto para os consumidores, quanto para os comerciantes da praça Arlindo Rodrigues e também da praça da Bandeira.  Ainda de acordo com o órgão, a ordem de serviço já foi assinada. Os vendedores irão permanecer na praça Hercílio Lima até a finalização da obra, prevista para ocorrer em 12 meses.