Destaque do Sul Baiano | com novo destino para resíduos, Augusto Castro anuncia fim do lixão em Itabuna

Foto: Divulgação | PMI

O prefeito Augusto Narciso Castro, do Partido Social Democrático, assinou, nesta segunda-feira (3), ordem de serviço que transforma a Central de Valorização de Resíduos Costa do Cacau (CRV) no novo destino dos resíduos sólidos de Itabuna. Empresa do setor privado, a CRV montou o Aterro Sanitário perto da Rodovia Jorge Amado, na altura do quilômetro 21, no território da vizinha Ilhéus. De acordo com a Prefeitura de Itabuna, a partir desta terça-feira (4), os caminhões compactadores vão descartar o lixo coletado no novo local, ao invés do lixão próximo do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. O prefeito anunciou que a área do lixão será fechada. Já as famílias que vivem em condições precárias no local vão ser acolhidas pela Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza.

Nos próximos seis meses, segundo a Prefeitura, a CRV vai garantir auxílio mensal de R$ 700 para 100 famílias que moram ou trabalham no lixão e foram cadastradas pela Defensoria Pública do Estado da Bahia. Além disso, o Município de Itabuna vai fornecer cestas básicas e garantir o aluguel social para as famílias cadastradas pela Defensoria Pública. Também por meio da Secretaria de Promoção Social, as pessoas beneficiadas vão participar de um projeto de capacitação profissional. A Prefeitura informou que a parceria com a CRV permite a Itabuna cumprir a Lei Nacional 14.026/2020, conhecida como Marco do Saneamento Básico. Confira a reportagem completa que foi destaque no Pimenta e agora no BLOG DO ANDERSON.

INICIATIVA É MARCO HISTÓRICO PARA O SUL DA BAHIA, DIZ SECRETÁRIO ESTADUAL

O secretário de Meio Ambiente da Bahia, João Carlos Oliveira, representou o Governo do Estado na cerimônia de assinatura da ordem de serviço. Segundo o gestor estadual, quem participou do ato presenciou o momento de “um marco histórico para o Sul da Bahia e para Itabuna”.

João Carlos avalia que a iniciativa do governo municipal encaminha uma mudança da mentalidade política em benefício do meio ambiente e, ao mesmo tempo, resgata a dignidade de pessoas que sobrevivem em condições degradantes.


Deixar uma Resposta